Textos

Dança figurada

Me concede a última dança?

Vem!
Me concede a última dança.
Vem
Até onde minha mão alcança
Faz comigo uma trança
Vem logo, vamos dançar

Não perca tempo
Não vê que espero
Que te olho do outro lado da sala
Que meu sorriso tem direção
Alcança minha mão
E vem dançar

Dança solitária
Sem luz, sem orquestra
Somente o teu som
E o meu
Vem
Vem dançar!

Não demore
Não pegue atalho
Não te faça de rogado
Vem dançar!
Aqui te espero
No meu sapato de dança
Meu vestido de festa
Minha trança desfeita
Respiração satisfeita
Vem dançar

Me estenda a mão
Me pega no colo
Tira do chão
Roda-me em pião
E vamos dançar

Mesmo que seja a noite inteira.
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 06/04/2008
Alterado em 22/10/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários