Textos

Sob a Lua


Solenemente, 
o Mar de ressaca tocado em Dó busca um Fá Menor!


.
.
.
.
.
.

E assim segue a vida, por entre murmúrios e sonatas, sempre cantadas e guardadas nos recônditos do peito.
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 19/04/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários